Última hora

Última hora

Juíza assassinada em sala de audiências na Bélgica

Em leitura:

Juíza assassinada em sala de audiências na Bélgica

Tamanho do texto Aa Aa

Uma juíza e o um escrivão foram assassinados em plena sala de audiências na Bélgica.

Segundo algumas testemunhas, um homem, entrou no novo Palácio da Justiça de Bruxelas, esperou que as audiências terminassem e atingiu a tiro a juíza e o escrivão. Depois fugiu a pé.

Presume-se que o autor dos disparos seja um albanês descontente com uma resolução de que fora alvo.

Esta é a primeira vez que um juiz é assassinado em plena sala de audiências na Bélgica.
O ministro da justiça belga, Stefan De Clerck considerou a situação como dramática, prometendo todos os esforços para encontrar o autor dos disparos.

Todo o quarteirão em volta do palácio da justiça de Bruxelas está cercado e as pessoas ainda estão chocadas.

“O impensável aconteceu! Sabemos que a violência existe e que acontece muitas vezes nos tribunais criminais e de comarca. Agora também nos cíveis”, conclui o advogado Pierre Brimeyer.

A Bélgica está em estado de choque e a polícia iniciou a caça ao homem.

Uma questão continua sem resposta.
Como foi possível uma arma entrar em plena sala de audiências e ultrapassar todos os mecanismos de segurança?