Última hora

Última hora

Israel poderá levantar parcialmente o bloqueio à Faixa de Gaza

Em leitura:

Israel poderá levantar parcialmente o bloqueio à Faixa de Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita Benjamin Nethaniau tenta encontrar uma saída para a crise diplomática, suscitada pelo ataque do exército contra uma frota humanitária, na segunda-feira.

Centenas de israelitas manifestaram-se ontem frente à embaixada turca em Telavive para defender o assalto às embarcações que provocou pelo menos 9 mortos, a maioria de nacionalidade turca.

“Nós não tínhamos intenção de matar ninguém. Apenas respondemos a uma provocação. Estou muito zangada com o povo turco que continua a contar mentiras sobre o meu país”, afirma uma manifestante.

Em Paris, centenas de manifestantes pró-palestinianos gritaram palavras de ordem contra Israel, num momento em que a comunidade internacional exige um inquérito ao incidente.

Segundo a imprensa israelita, o primeiro-ministro poderá estar disposto a levantar parcialmente o bloqueio marítimo à faixa de Gaza, mas sem autorizar a abertura das fronteiras terrestres.

Uma forma de tentar resolver aquela que se anuncia como a segunda vaga de protestos ao largo de Gaza.

O navio de pavilhão irlandês, Rachel Corrie, com mantimentos a bordo vai voltar a tentar furar o bloqueio, este Sábado.