Última hora

Última hora

Mais uma batalha para Angela Merkel

Em leitura:

Mais uma batalha para Angela Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da derrota da CDU no estado de Norte Vestefália, a coligação entre liberais e conservadores viu-se confrontada com a demissão inesperada, no início da semana, do chefe de Estado.

O novo presidente deverá ser designado no fim do mês pelo parlamento.

O candidato do governo é o primeiro-ministro da Baixa Saxónia:

Estou ansioso por começar esta nova tarefa. Penso que, enquanto presidente, podemos unir as pessoas, fazer algo em prol da coesão da nossa sociedade e criar um certo optimismo em tempos dificeis. Claro que estou um pouco triste com a demissão de Horst Köhler e é claro que também estou um pouco triste por não poder continuar o meu trabalho na Baixa Saxónia”.

A oposição apoia a candidatura independente de Joachim Gauck. Um pastor protestante que liderou a investigação aos arquivos da Stasi e que goza de elevada popularidade.

Mas a eleição de Christian Wulff um peso pesado da CDU está praticamente garantida. Conservadores e liberais têm a maioria no parlamento alemão.