Última hora

Última hora

Referendo esloveno decisivo para a Croácia

Em leitura:

Referendo esloveno decisivo para a Croácia

Tamanho do texto Aa Aa

Os eslovenos pronunciam-se hoje, em referendo, sobre um acordo de arbitragem internacional para resolver o contencioso territorial com a Croácia.

A rejeição do documento pode comprometer as ambições croatas de adesão à União Europeia. As últimas sondagens apontam para um escrutínio cerrado.

A Eslovénia reclama o acesso directo às águas internacionais, já que está cercada pelas águas italianas e croatas.

O diferendo mantém-se desde a independência das duas ex-repúblicas jugoslavas, em 1991, e conduziu o governo de Ljubljana a opor-se à candidatura croata à União Europeia, no ano passado.

Em Novembro, os dois países chegaram a acordo para que uma comissão internacional delimite as fronteiras marítimas. Zagreb ratificou logo o documento. Ljubljana fê-lo em Abril, mas o Governo e a oposição de direita consideraram necessário um referendo.

Os chefes de Governo e de Estado eslovenos apelaram ao “sim”. A oposição denuncia um acordo de capitulação, que coloca em mãos estrangeiras um assunto interno.

Se o “não” vencer, a Croácia poderá ter de adiar o objectivo de aderir à União Europeia em 2012 e o Governo esloveno sairá enfraquecido.