Última hora

Última hora

Ex-corretor da Société Générale começa hoje a ser julgado

Em leitura:

Ex-corretor da Société Générale começa hoje a ser julgado

Tamanho do texto Aa Aa

Começa hoje em Paris o julgamento de Jérôme Kerviel. O antigo corretor da Société Générale é acusado de ter feito perder quatro mil e novecentos milhões de euros ao banco francês, com operações especulativas supostamente não autorizadas.

Se for considerado culpado, pode enfrentar uma pena de prisão de cinco anos e 375 mil euros de multa.

Kerviel admitiu ter adquirido 50 mil milhões de euros em posições especulativas, mas defende-se dizendo que agiu em conivência com o banco. Numa entrevista em Abril, disse que agiu “à vista de todos, com o acordo tácito dos superiores, cujo único objectivo era trazer o máximo dinheiro para o banco”.

O processo decorre em pleno debate internacional sobre a regulação dos mercados financeiros, com países como os Estados Unidos e a Alemanha a defenderem um maior controlo das operações especulativas.

A fraude na Société Générale foi revelada em Janeiro de 2008 e o rosto de Kerviel saltou rapidamente para a ribalta mundial.