Última hora

Última hora

Turquia recolhe apoios contra Israel

Em leitura:

Turquia recolhe apoios contra Israel

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia não pretende ceder na pressão a Israel e aproveitou a cimeira de Istambul para recolher o apoio de vários países árabes.

No dia em que recebeu o presidente da Autoridade Palestiniana, o primeiro-ministro turco exigiu o fim imediato do bloqueio a Gaza e apelou a sanções contra Telavive.

Ancara voltou a exigir uma investigação internacional sobre o mortífero assalto do exército hebraico a um barco turco na semana passada.

Israel rejeita a ideia e avança com uma “comissão de verificação” interna, que poderá contar com dois observadores estrangeiros.

O ministro israelita da Defesa Ehud Barak disse também que os aspectos legais do bloqueio a Gaza – que continua a defender – serão examinados no âmbito do direito internacional.

A crise diplomática entre Telavive e Ancara ameaça importantes relações económicas e militares, como prova o cancelamento de um segundo envio de aviões não pilotados de observação de Israel para a Turquia, parte de um negócio de 180 milhões de dólares.

O ministro israelita da Indústria explica que “é difícil equacionar a continuidade de um projecto dessa ordem no futuro próximo”, mas acredita que “as relações serão restabelecidas”.

Exceptuando os Estados Unidos, Israel enfrenta uma vaga de contestação internacional depois do assalto militar que resultou na morte de nove turcos, quando o barco onde seguiam tentava romper o cerco e levar ajuda humanitária para Gaza.