Última hora

Em leitura:

Holanda vai a votos com liberais como favoritos


Holanda

Holanda vai a votos com liberais como favoritos

Os holandeses votam hoje em legislativas que deverão representar uma vitória “histórica” para o Partido Liberal.

No entanto, nenhuma formação é creditada com uma maioria clara e o escrutínio será seguido de negociações para uma futura coligação.

Os líderes dos principais partidos enfrentaram-se ontem no último debate televisivo antes do voto.

Mark Rutte espera tornar-se no primeiro chefe do governo liberal desde a Primeira Guerra Mundial. As sondagens dão-no como favorito, com 34 assentos parlamentares.

Depois de ver cair o governo devido à discórdia com os trabalhistas sobre a presença holandesa no Afeganistão, o primeiro-ministro Jan Peter Balkenende deverá ver os seus cristãos-democratas cairem para a posição de terceira força política.

O Partido Trabalhista, liderado pelo antigo presidente da Câmara de Amesterdão Job Cohen, pode eleger 30 deputados, segundo as sondagens, ficando à frente dos 24 assentos atribuídos à formação de Balkenende.

A extrema-direita tem também um papel central nestas eleições. O partido liderado pelo xenófobo Geert Wilders – promotor de uma “cruzada contra a islamização” do país – pode duplicar para 18 o número de deputados. E os liberais, vencedores anunciados, não excluíram uma aliança com a formação de Wilders.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Mandela poderá estar na abertura do Mundial