Última hora

Última hora

Manifestação e greve da função pública contra plano de austeridade do Governo

Em leitura:

Manifestação e greve da função pública contra plano de austeridade do Governo

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram à rua em Madrid para protestar contra o plano de austeridade anunciado pelo governo espanhol. A organização fala em 75 mil, a polícia em oito mil. Uma disparidade difícil de verificar.

A manifestação coincidiu com uma greve geral que os sindicatos garantem teve uma adesão de mais de 70 por cento, enquanto o executivo atribuiu apenas 11 por cento.

Esta mulher afirma que ganha 1200 euros por mês e uma redução de 100 euros representa uma grande fatia do salário.

Este homem sublinha que não se trata de um problema de retibuição, mas de dignidade.

O plano do Governo contempla uma redução salarial na ordem dos cinco por cento, o que desagrada aos funcionários públicos, que representam um quinto dos espanhóis laboralmente activos.

Os empregados no sector privado apoiam o plano do Governoporque muitos crêm que os funcionários públicos auferem de salários superiores à norma.

Madrid faz frente a um défice de 9,3 por cento, que quer reduzir para seis em 2011.