Última hora

Última hora

Cidadão suíço libertado na Líbia

Em leitura:

Cidadão suíço libertado na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Max Göldi foi libertado. Segundo o seu advogado, o gestor suíço foi levado da prisão de Tripoli para um hotel da capital líbia.

Göldi estava preso desde Julho de 2008, acusado de “estada ilegal na Líbia”. Uma forma de represália do governo de Khadafi contra a Suíça. A justiça helvética tinha detido o filho do coronel, acusado de mal tratar as empregadas domésticas.

Um outro cidadão suíço, Rachid Hamdani, tinha também sido detido na Líbia, com o mesmo argumento, mas foi libertado em Fevereiro.

Em Março, quando Max Göldi estava preso, recebeu a visita de Hannibal Khadafi, o filho do coronel. Uma visita em plena polémica sobre a interdição dos minaretes na Suíça mas que terá ajudado a acalmar a tensão.
Göldi poderá estar de regresso à Suíça sábado ou domingo, segundo o seu advogado.