Última hora

Última hora

Irlanda do Norte: relatório do "Domingo Sangrento" é divulgado hoje

Em leitura:

Irlanda do Norte: relatório do "Domingo Sangrento" é divulgado hoje

Tamanho do texto Aa Aa

O “Domingo Sangrento” aconteceu há 38 anos, mas só, esta terça-feira, vão ser divulgadas as conclusões do inquérito à morte de 14 manifestantes que defendiam os direitos civis dos católicos.

Os familiares das vítimas esperam que o relatório demonstre a inocência das pessoas assassinadas e atribua a responsabilidade do massacre aos militares.

As conclusões vão ser apresentadas perante a Câmara dos Comuns pelo primeiro-ministro britânico. A intervenção de David Cameron vai ser transmitida num ecrã gigante, colocado junto à Câmara Municipal de Londonderry.

No dia 30 de Janeiro de 1972, os soldados britânicos abriram fogo sobre uma manifestação não autorizada a favor dos direitos civis dos católicos, em Londonderry, a segunda maior cidade da Irlanda do Norte. 13 pessoas morreram. Outra sucumbiu algumas semanas mais tarde.

Os militares disseram ter disparado sobre pessoas armadas, o que as testemunhas e os familiares das vítimas desmentem.