Última hora

Última hora

Governo espanhol aprova reforma laboral

Em leitura:

Governo espanhol aprova reforma laboral

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol aprovou a reforma do mercado laboral. O objectivo é relançar o emprego numa altura em que vinte por cento da população está sem trabalho.

A nova lei reduz as indemnizações em caso de despedimento e aumenta a flexibilidade horária.

Esta quarta-feira, o primeiro-ministro espanhol rejeitou o pessimismo dos mercados.

“A Espanha é um país solvente, forte, sólido e com crédito internacional. É um país, como muitos outros, que sofre as consequências da pior crise económica dos últimos 80 anos”

O líder do PP, Mariano Rajoy, considera que a população perdeu poder de compra por causa das políticas do governo.

A Espanha encontra-se sob pressão do Fundo Monetário Internacional e da União Europeia para equilibrar as finanças públicas. Bruxelas pede ainda que Madrid precise as medidas de redução do défice.

Os sindicatos não esperaram a aprovação das reformas. Anunciaram ontem a convocatória de uma greve geral para o dia 29 de Setembro. Será a primeira que o Governo de Zapatero vai enfrentar em seis anos de mandato.