Última hora

Última hora

Refugiados uzbeques começam a receber ajuda humanitária

Em leitura:

Refugiados uzbeques começam a receber ajuda humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

A ajuda humanitária começa a chegar a conta-gotas aos campos de refugiados no Uzbequistão.

Dois aviões do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados aterraram, esta quarta-feira, no aeroporto uzbeque de Andijan. Até ao final da semana, devem chegar mais quatro aparelhos, que no total trazem 240 toneladas de ajuda. Só nesta região, há 48 campos de refugiados.

Segundo as últimas estimativas da ONU, os confrontos entre etnias no sul do Quirguistão fizeram 400 000 deslocados e refugiados. 100 mil fugiram para o Uzbequistão.

Uma semana de violência no sul do Quirguistão provocou quase 200 mortos e 2000 feridos. Os refugiados que tentam atravessar a fronteira falam em campanha de “limpeza étnica” contra os uzbeques.

Hoje, a situação está mais calma no sul do país, mas os residentes criaram postos de controlo para evitar a entrada de armas. É o que acontece na cidade de Suzak, na região de Jalalabad, onde há dois postos. Um é controlado por soldados quirguizes, outro por civis uzbeques, que não querem deixar a sua segurança nas mãos da etnia rival.