Última hora

Última hora

ONU pede ajuda para deslocados no Quirguistão

Em leitura:

ONU pede ajuda para deslocados no Quirguistão

Tamanho do texto Aa Aa

A ONU solicitou aos doadores internacionais, com carácter de urgência, um apoio de 57 milhões de euros para atender às necessidades básicas de cerca de 400 mil deslocados pelo conflito no Quirguistão.

De acordo com o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, há falta de alimentos, água e electricidade nas áreas afectadas, por causa das pilhagens, da falta de abastecimento e das restrições à liberdade de movimento.

“O governo quirguize não veio aqui para ver como estamos a viver. Nós não vivemos. Sobrevive-mos, como animais”, diz Mukhaya Julayeva, uma desalojada.

Há relatos de gangues quirguizes que atacaram grupos uzbeques a residir nas regiões de Osh e Jalalabad, na semana passada.

A escalada de violência entre quirguizes e uzbeques já matou quase 200 pessoas, segundo os números oficiais. A presidente interina quirguize, Roza Otunbayeva, promete fazer o melhor para ultrapassar o problema, mas durante uma visita à cidade de Osh disse, que o número de mortos poderá ser dez vezes maior.