Última hora

Última hora

Pequim diz sim à flexibilização

Em leitura:

Pequim diz sim à flexibilização

Tamanho do texto Aa Aa

A China vai tornar a moeda nacional mais flexível. O anúncio foi feito pelo Banco Central, que se mostra pronto a acabar com os 23 meses de câmbio fixo sob forte pressão internacional.

O comunicado publicado praticamente ao mesmo tempo em inglês e chinês exprime a vontade de acabar com a indexação sobre o dólar, defendida por Pequim para proteger a economia chinesa da crise financeira mundial.

Resta saber se o anúncio é suficiente para acabar com as críticas vindas, por exemplo, dos Estados Unidos que acusam Pequim de “prática desleal” por manter a divisa a um nível artificialmente baixo.

O anúncio do Banco Central Chinês já foi saudado pelo Presidente do Fundo Monetário Internacional.