Última hora

Última hora

Putin tranquiliza consumidores de gás europeus

Em leitura:

Putin tranquiliza consumidores de gás europeus

Tamanho do texto Aa Aa

O conflito em torno do gás russo regressa à Europa. A Gazprom decidiu reduzir as exportações de gás para a Bielorrússia, enquanto o país não pagar a dívida de quase duzentos milhões de dólares.

O primeiro-ministro russo fez questão de tranquilizar os consumidores europeus.

Vladmir Putin admitiu que os bielorrussos dispõem dos meios técnicos para desviar o gás que se destina à Europa mas afirma que em caso de necessidade o combustível pode ser enviado através dos gasodutos ucranianos.

O regime de Alexander Lukachenko garante que vai pagar a dívida nas próximas duas semanas mas a Gazprom mantém os cortes.

Uma das fontes de discórdia é o preço do gás.

A Rússia cobre subiu as tarifas para os países que faziam parte da União Soviética e que antes beneficiavam de preços mais baixos.