Última hora

Última hora

Istambul: grupo separatista curdo reivindica atentado

Em leitura:

Istambul: grupo separatista curdo reivindica atentado

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo separatista Falcões da Liberdade do Curdistão reivindicou o atentado à bomba contra um autocarro de militares em Istambul.

O ataque ocorreu no distrito de Halkali. Pelo menos cinco pessoas morreram e várias ficaram feridas.

A autoria do atentado foi reivindicada através da internet. Os radicais prometem intensificar este tipo de acções.

O Governo turco já reagiu:

“Faremos o que for necessário na luta contra o terrorismo. Continuaremos a lutar com força e de forma decisiva” afirma o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan.

O ataque ocorre dias após uma operação do exército turco contra os rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão.

Os confrontos com os separatistas do PKK durante o fim-de-semana provocaram a morte a 11 soldados turcos.

O PKK demarca-se do atentado e garante que Falcões da Liberdade são um grupo composto por dissidentes.