Última hora

Última hora

Obama não exclui afastamento de McChrystal

Em leitura:

Obama não exclui afastamento de McChrystal

Tamanho do texto Aa Aa

A Casa Branca não exclui a possibilidade de afastar o comandante das forças internacionais no Afeganistão.

Em causa, as declarações de Stanley McChrystal à revista “Rolling Stone”. Num artigo intitulado “O general em fuga”, a revista cita severas críticas do comandante à política de defesa norte-americana.

O general foi convocado à Casa Branca para dar explicações esta quarta-feira, como explica o porta-voz de Barack Obama.

“Como referiu o secretário da Defesa Robert Gates, não há dúvidas de que o general McChrystal cometeu um enorme erro. Convocámo-lo para percebermos o que lhe passou pela cabeça”, declarou Robert Gibbs.

Na entrevista, McChrystal revela as diferenças entre o exército e a Casa Branca, enquanto aguardava a resposta de Barack Obama sobre o reforço de soldados no Afeganistão.

O general faz, ainda, piadas sobre o vice-presidente norte-americano, Joe Biden, perguntando “Quem é esse?”.

Revela, também, que foi “traído” pelo embaixador dos Estados Unidos em Cabul, no ano passado, durante o debate na Casa Branca sobre a estratégia para o Afeganistão.

McChrystal já pediu desculpas pela entrevista. Mas o mal está feito e deixa no ar várias dúvidas sobre a unidade no seio da coligação. Ainda mais depois da retirada antecipada de Cabul do enviado especial britânico, que discordava com a estratégia dos americanos na luta contra os talibã.