Última hora

Última hora

Operários da Fiat aceitam trabalhar mais para manter emprego

Em leitura:

Operários da Fiat aceitam trabalhar mais para manter emprego

Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores da FIAT aceitam condições de trabalho mais duras para relocalizar a produção em Itália.

A administração propõem-se transferir o fabrico do Panda, da Polónia para a fábrica de Pomigliano d’Arco, perto de Nápoles. Em troca, a direcção exige o fim do que considera ser um número excessivo de ausências injustificadas.

62% dos trabalhadores aprovaram a proposta, 36% votaram “não”.

Apenas um dos cinco sindicatos recusou a proposta por considerar que se trata de um recuo de direitos no que toca ao subsídio de doença e ao direito à greve, que poderá ser considerada como uma ausência injustificada.

A FIAT quer aumentar as horas extra e reduzir os tempos de pausa.

Muitos operários consideram que não têm escolha face à falta de trabalho na região.