Última hora

Última hora

A "Doutrina Patreaus" no Afeganistão

Em leitura:

A "Doutrina Patreaus" no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

O senhor que se segue no Afeganistão é David Patraeus.

O presidente Barack Obama escolheu o responsável pelo Comando Central dos Estados Unidos para liderar as tropas americanas no país.

Se não fosse a importância vital do cargo, esta escolha poderia ser vista como uma despromoção. O general comandava desde Outubro de 2009 todas as operações militares no estrangeiro, da África ao Afeganistão. Agora volta ao terreno do conflito.

Um terreno que conhece bem de missões no Haiti, na Bósnia-Herzgovina e sobretudo no Iraque, onde assumiu em 2007 o comando da Força Multinacional de Segurança e se notabilizou como estratego militar.

David Patraeus, que durante o seu comando conseguiu reduzir fortemente os níveis de violência no Iraque, conseguiu também convencer o congresso e George W. Bush que uma retirada militar precipitada do país podia deitar tudo a perder.

Aos 57 anos assume talvez a missão mais espinhosa: fazer funcionar a “Doutrina Patreaus” no Afeganistão.