Última hora

Última hora

Alta tensão no 60º aniversário da Guerra da Coreia

Em leitura:

Alta tensão no 60º aniversário da Guerra da Coreia

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Sul recorda o início da guerra com a Coreia do Norte, há 60 anos. Vários pacifistas sul-coreanos juntaram-se às portas do ministério da Defesa para lembrar os que morreram no conflito e apelar à reconciliação.

Mas as tensões aumentaram recentemente, depois do ataque norte-coreano a um navio da Coreia do Sul.

Um activista recorda que “houve muitas vítimas durante e após a guerra” e diz que as consequências ainda são visíveis. O incidente do navio Cheonan é um “exemplo da separação entre o norte e o sul. O objectivo da cerimónia é mostrar a nossa determinação em resolver os problemas”.

Veteranos de guerra sul-coreanos rasgaram simbolicamente a declaração de 15 de Junho de 2000 que marcava o início de uma aproximação entre os dois territórios.

A guerra da Coreia começou a 25 de Junho de 1950, com um ataque norte-coreano. Durou três anos e fez cerca de quatro milhões de mortos. Em 1953 foi assinado um armistício, mas não um tratado de paz. Tecnicamente, as duas Coreias continuam em estado de guerra.