Última hora

Última hora

Polícia belga faz buscas na sede da Igreja Católica

Em leitura:

Polícia belga faz buscas na sede da Igreja Católica

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia belga fez na quinta-feira buscas na sede da Igreja Católica no país, na sequência de acusações de abusos sexuais de menores por membros do clero.

Os investigadores entraram nas instalações da arquidiocese de Malines-Bruxelas com o objectivo de estabelecer se existem ou não provas que corroborem as acusações.

O porta-voz do ministério público, Jean Marc Meilleur afirmou que o procurador de Bruxelas recebeu informações sobre alegados abusos sexuais de menores por vários membros da Igreja e era necessário investigar.

O antigo primaz da Bélgica, o arcebispo Godfried Danneels, foi convocado ao palácio episcopal, a sua casa foi revistada e o computador pessoal confiscado.

Esta acção policial provocou a revolta do presidente da comissão especial da igreja que foi criada para investigar estes alegados abusos.

“O que é que eu devo dizer a uma vítima que chega até mim e me diz que quer falar comigo mas em total sigilo. Como posso garantir isso? Agora já não sei”, concluiu Peter Adriaenssens.

O arcebispo de Malines-Bruxelas e também primaz da Bélgica, desde o início do ano, André-Joseph Léonard, prometeu já uma política de tolerância zero!