Última hora

Última hora

Segurança apertada para a cimeira do G20

Em leitura:

Segurança apertada para a cimeira do G20

Tamanho do texto Aa Aa

Huntsville está sob fortes medidas de segurança, no dia em que a cidade canadiana acolhe a cimeira dos oito países mais industrializados. Este fim-de-semana, é a vez de o G-20 se reunir em Toronto, a uma hora de distância.

A segurança tornou-se numa obsessão. Mais de 18 mil polícias foram destacados e algumas lojas preferiram fechar as portas.

Um homem que transportava bidões de gasolina e uma serra eléctrica no carro foi detido. Mas a polícia acabou por admitir que o homem não tinha nada a ver com as cimeiras.

Um analista admite que “tanto o G8 como o G20 provocam problemas à população em geral, e têm custos. Em Toronto, fala-se de mil milhões de dólares, entre o dinheiro da segurança e por aí fora. Isto dá que falar, especialmente em tempos de crise.”

E a crise vai ser um dos grandes temas das duas cimeiras, que não se anunciam consensuais: os países europeus insistem no controlo das despesas públicas e os americanos querem incentivar programas de ajuda ao crescimento.

Milhares de pessoas começaram já a manifestar-se, mas os maiores protestos são aguardados este fim-de-semana.