Última hora

Última hora

Referendo no Quirguistão decorre com tranquilidade

Em leitura:

Referendo no Quirguistão decorre com tranquilidade

Tamanho do texto Aa Aa

O referendo deste domingo no Quirguistão poderá criar a primeira democracia parlamentar na Ásia Central.

A reforma constitucional reforça os poderes do chefe do governo, que recupera algumas prerrogativas do Presidente.

Rosa Otunbayeva, votou durante a manhã, em Osh, no sul do país palco de violentos confrontos interétnicos há duas semanas.

Cerca de dois milhões e meio de eleitores da antiga república soviética são chamados às urnas.

A taxa de participação não põe em xeque o escrutínio já que a lei eleitoral foi alterada para permitir que o referendo seja válido mesmo que nele participem menos de 50% dos eleitores inscritos.

A consulta popular visa legitimar o governo interino no poder desde Abril após um golpe de estado.

“Votamos pela paz e pela estabilidade no Quirguistão, pela prosperidade, integridade e calma. Queremos que o novo governo garanta a estabilidade” afirma uma eleitora.

De acordo com as autoridades, até ao momento não há registo de incidentes.

Os primeiros resultados deverão ser conhecidos esta noite.