Última hora

Última hora

Senador próximo de Berlusconi tem pena de prisão reduzida

Em leitura:

Senador próximo de Berlusconi tem pena de prisão reduzida

Tamanho do texto Aa Aa

Acusado de ter ligações à máfia, um dos mais antigos aliados de Sílvio Berlusconi viu a pena de prisão ser reduzida esta terça-feira.

Marcello Dell’Utri foi condenado a sete anos de prisão depois do Tribunal de Recurso de Palermo reapreciar a sentença inicial de nove anos.

O Ministério Público italiano pediu ao tribunal uma pena de prisão de 11 anos, mas a instância acabou por limitar o processo aos actos cometidos depois de 1992.

O procurador de Palermo, Antonino Gatto, diz estar “surpreso” porque julgava a acusação “sólida”.

A defesa de Dell’Utri pode vir a recorrer da sentença. O senador é acusado de associação criminosa.

“É uma sentença à Pôncio Pilatos. Por um lado oferece uma pequena vitória ao gabinete do procurador de Palermo, por outro dá-me grande satisfação”, confessa o senador Marcello Dell’Utri.

O Ministério Publico baseou as alegações nas declarações do ex-mafioso e actual colaborador da Justiça Gaspare Spatuzza.

Spatuzza referiu que o chefe da Cosa Nostra, Giuseppe Graviano, comentou numa reunião em 1994 em Roma que Dell’Utri era o braço direito de Berlusconi e o seu intermediário nas negociações com a Cosa Nostra.