Última hora

Última hora

Obras do negociante francês Vollard leiloadas em Paris

Em leitura:

Obras do negociante francês Vollard leiloadas em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

A Sotheby’s leiloou 140 pinturas, desenhos e litografias de grandes mestres do impressionismo e do modernismo pertencentes ao negociante de arte francês Ambroise Vollard.

As obras foram depositadas num banco em 1939 por Erich Slomovic, um próximo de Vollard. Ambos morreram antes do fim da Segunda Guerra.

Uma das raridades leiloadas é um retrato que Cézanne fez do amigo de infância Emile Zola.

“Cézanne destruiu a maioria dos retratos porque pensava que não eram suficientemente bons e por isso o retrato de Zola é algo muito raro”, explicou Samuel Valette, especialista da Sotheby’s.

As obras foram recuperadas pelos herdeiros de Vollard após uma longa batalha legal com os herdeiros de Slomovic.

O acervo de Vollard incluía obras de Renoir Cézanne, Matisse e Picasso.

O quadro mais lucrativo foi uma pintura de André Derain vendida há uma semana, em Londres, por quase 20 milhões de euros.