Última hora

Última hora

OMC julga empréstimos estatais à Airbus ilegais

Em leitura:

OMC julga empréstimos estatais à Airbus ilegais

Tamanho do texto Aa Aa

A OMC considerou ilegais as ajudas financeiras da União Europeia e de alguns Estados-membros ao construtor aeronáutico Airbus. A decisão da Organização Mundial do Comércio é o último episódio duma guerra jurídica entre a Europa e os Estados Unidos e os dois maiores construtores civis do mundo, Airbus e Boeing. Em causa está um mercado avaliado em mais de 2 bilhões de euros, nos próximos 20 anos.

Bruxelas ainda não decidiu se vai recorrer do acórdão da organização com sede em Genebra. A OMC pretende que a União Europeia ponha fim ao esquema de subsídios em 90 dias. Mas a batalha legal vai certamente continuar.

Os Estados Unidos apresentaram queixa à OMC em 2004 para denunciar os subsídios reembolsáveis de alguns países europeus à Airbus. Bruxelas respondeu com uma queixa semelhante sobre créditos atribuídas à Boeing pelas agencias governamentais americanas. A comissão europeia pretende resolver o diferendo através da negociação directa e sem pré-condições.