Última hora

Última hora

Desemprego espanhol abaixo dos quatro milhões

Em leitura:

Desemprego espanhol abaixo dos quatro milhões

Tamanho do texto Aa Aa

A acreditar nos números do desemprego, a economia espanhola começa a dar sinais de recuperação. Em Junho, pelo terceiro mês consecutivo, o desemprego baixou. Uma redução de mais de dois por cento, face ao mês passado, e que coloca o número de desempregados abaixo da fasquia psicológica dos quatro milhões, segundo os dados agora publicados pelo ministério espanhol do trabalho.

Para Francisco Garcia, analista da euronews para os assuntos económicos espanhóis, “trata-se de uma baixa importante e ainda por cima simbólica, já que se situa abaixo desse número que tanto assusta: os quatro milhões de desempregados. Mas convém não esquecer que estamos no Verão e que o turismo maquilha sempre um pouco os números do desemprego. Obviamente que é um bom dado, mas seria precipitado ligá-lo à reforma laboral e, de qualquer forma, não compensa a destruição de empregos do último ano.”

A Espanha continua, de qualquer forma, a ser um dos países da União Europeia onde a taxa de desemprego é mais elevada: cerca de 20 por cento.

Na zona euro, ele rondou os 10 por cento, no mês de Maio. Um valor estável, face ao mês anterior. Os números, agora divulgados pelo Eurostat, deixam antever o fim da degradação do mercado de trabalho.