Última hora

Última hora

A dor de cabeça para quem vai de férias

Em leitura:

A dor de cabeça para quem vai de férias

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro fim-de-semana de Julho é para muitos sinónimo de férias e de tráfego nas estradas.

Em França, a paciência de centenas automobilistas foi testada às primeiras horas da manhã. Ao meio dia as filas bateram recordes com uma extensão de 365 quilómetros em todo o país.

Um belga diz ter saído de casa às três meia da manhã com destino a Périgord. Esta é a primeira pausa que faz e confessa estar cansado.

Cansados estão também centenas de passageiros, que hoje se deslocaram à estação de Austerlitz, em Paris.

A circulação ferroviária foi interrompida por tempo indeterminado devido a problemas causados por trovoadas. Os relâmpagos destruíram várias instalações eléctricas, obrigando, os passageiros a procurar alternativas.

Na Alemanha, a auto-estrada que liga Munique a Salzburgo na Áustria ficou congestionada, mas esta é uma situação que ao que tudo indica já está resolvida.

Menos sorte tiveram os croatas que, este sábado, se fizeram à estrada em direcção às zonas costeiras. A circulação fez-se a passo de caracol excepto na recém inaugurada auto-estrada que liga Zagreb e Ljubljana, na Eslovénia.