Última hora

Última hora

Patrulha da Finul atacada no sul do Líbano

Em leitura:

Patrulha da Finul atacada no sul do Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

Uma patrulha francesa da Finul foi atacada por um grupo de habitantes de uma aldeia do sul do Líbano.

Vários veículos da Força interina das Nações Unidas foram atingidos com pedras. O incidente, no qual ficaram feridos dois soldados, produziu-se junto a Kabrikha, depois dos militares terem detido um habitante da aldeia.

O exército libanês foi obrigado a intervir para acalmar a situação e recuperar armas tiradas aos capacetes azuis.

Uma residente de Kabrikha diz que decidiram “resistir”, por considerarem “inaceitável” o que se passou. Acrescenta que têm “uma resistência que protege a população” – numa referência ao Hezbollah – e que o incidente é “uma mensagem para Israel de que podem proteger-se a si próprios”.

Os últimos meses ficaram marcados por um aumento da tensão entre os soldados da Finul e os habitantes do sul do Líbano, bastião do Hezbollah, que no Verão de 2006 esteve envolvido numa guerra contra Israel.