Última hora

Última hora

Polónia: Vitória de Komorowski marca fim da era Kaczynski

Em leitura:

Polónia: Vitória de Komorowski marca fim da era Kaczynski

Tamanho do texto Aa Aa

O candidato liberal Bronislaw Komorowski venceu as presidenciais deste domingo na Polónia. Komorowski representa o campo pró-europeu do primeiro-ministro Donald Tusk.

O candidato da Plataforma Cívica ocupava o cargo de chefe de Estado interino e obteve 52,6% de votos na segunda volta, com uma vantagem de 5% sobre o rival conservador.

“Foi uma campanha particularmente difícil porque foi ensombrada pelo acidente aéreo de Smolensk pelo drama das inundações”, declarou o vencedor. “Foi uma campanha que provou que o Estado polaco – mesmo nos momentos mais difíceis – passa o teste e funciona como um governo democrático”.

A eleição ocorre três meses após as mortes do presidente Lech Kaczynski e de vários membros da elite polaca num acidente aéreo.

O antigo primeiro-ministro e irmão do falecido chefe de Estado obteve 47,4% dos votos. Jaroslaw Kaczynski felicitou o rival e prometeu continuar o combate do irmão gémeo, na oposição.

A campanha eleitoral marcou as diferenças entre uma Polónia conservadora e liberal. Komorowski é o quarto presidente desde a queda do comunismo, em 1989. A sua prioridade é a redução das despesas públicas para baixar o défice que, no ano passado, se situou nos sete por cento, ainda que o país tenha escapado à recessão.