Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

A tempestade política atinge agora o presidente francês. Nicolas Sarkozy é acusado de ter recebido avultadas somas de dinheiro de Liliane Bettencourt, a mulher mais rica de França. Não apenas durante a campanha para as presidenciais, mas também quando era autarca.

A ex-contabilista da herdeira da L’Oréal revelou que o ministro do Trabalho, Eric Woerth, recebeu um envelope com 150 mil euros líquidos para o financiamento da campanha presidencial em 2007. Na altura, o ministro era tesoureiro da campanha de Nicolas Sarkozy. Eric Woerth nega a acusação.

A contabilista vai mais longe e afirma que Liliane Bettencourt dava regularmente cheques a várias personalidades políticas, incluindo a Sarkozy, quando ele era ainda autarca. O Palácio do Eliseu desmente.

O país espera agora uma reacção do Presidente da República.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre