Última hora

Em leitura:

Novos direitos para os passageiros marítimos

A redação de Bruxelas

Novos direitos para os passageiros marítimos

Publicidade

Depois do avião e do comboio é a vez da União Europeia fixar os direitos para os passageiros do transporte marítimo.

A partir de 2012, os utilizadores de barcos, com mais de 12 lugares, terão direito a serem reembolsados ou receberem um novo bilhete em caso de atraso superior a uma hora e meia ou anulação da viagem. Regras que não se aplicam em circunstâncias excepcionais.

A lei prevê ainda que os passageiros tenham direito até três noite de hotel e fixa as garantias para os clientes deficientes ou com mobilidade reduzida, que não poderão ver recusado o acesso a bordo.

A União Europeia procura criar um mercado comum dos direitos dos passageiros, faltando apenas para os utilizadores dos autocarros.

Há pontos de vista diferentes para cada estória: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

A redação de Bruxelas

UE fecha as fronteiras à madeira ilegal