Última hora

Última hora

Espião israelita extraditado para a Alemanha

Em leitura:

Espião israelita extraditado para a Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia vai extraditar para a Alemanha um suposto agente secreto israelita, preso em Varsóvia a pedido de Berlim. Ury Brodsky estaria envolvido na morte de um membro do movimento palestiniano Hamas.
 
O tribunal decidiu transferir o acusado para a Alemanha para que o procedimento penal possa desenrolar-se  O israelita dispõe de três dias para apresentar recurso.
 
Brodsky foi preso a 4 de Junho, em Varsóvia, em cumprimento de uma ordem de captura europeia emitida pela Alemanha.
 
Mahmoud al Mablouh , um dos fundadores do braço militar do Hamas, foi encontrado morto no quarto de um hotel de Dubai a 20 de Janeiro.
 
A polícia local acusou os serviços secretos israelitas de estarem por trás do assassinato. As  câmaras do circuito interno mostraram imagens de supostos agentes secretos circulando pelo hotel como se fossem turistas que usavam passaportes britânicos e alemães.