Última hora

Última hora

Jerusalém recebe marcha de apoio ao soldado Gilad Shalit

Em leitura:

Jerusalém recebe marcha de apoio ao soldado Gilad Shalit

Tamanho do texto Aa Aa

Jerusalém foi invadida esta tarde por mais de dez mil pessoas. A marcha de apoio ao soldado israelita Gilad Shalit, prisioneiro do Hamas desde 2006, começou há mais de uma semana no norte da Galileia.

Os manifestantes vão concentrar-se numa vigília em frente à residência do primeiro-ministro para exigir que o governo aceite uma troca de presos com o Hamas. Israel e os islamitas do Hamas ainda não chegaram a um consenso.

No total, os insurgentes exigem a libertação de mil dos cerca de sete mil presos palestinos em prisões israelitas.

Benjamin Netanyahu alega que o governo não deve ser alvo das pressões do público porque só com uma “posição rígida” nas negociações Israel conseguirá que o Hamas rebaixe suas aspirações para um acordo.

Shalit foi capturado em 25 de Junho de 2006, e desde então tem sido mantido incomunicável, excepto para a gravação de vídeos e gravações áudio divulgadas pelo Hamas.