Última hora

Em leitura:

"Solar Impulse" conseguiu voar 26 horas


Suíça

"Solar Impulse" conseguiu voar 26 horas

As dúvidas sobre a autonomia do “Solar Impulse” foram dissipadas ao início da manhã. O avião passou o teste: voou 26 horas, impulsionado apenas pela energia solar.

O aparelho aterrou no aeródromo de Payerne, no oeste da Suíça. Houve palmas também para a resistência do piloto e co-fundador do projecto, André Borschberg, que fez toda a viagem sem piloto automático.

Uma grande vitória para a equipa de 70 pessoas, liderada pelo explorador suíço Bertrand Piccard, após sete anos de trabalho.

Foi graças às mais de 12 mil células fotovoltaicas, colocadas nas asas, que o avião pôde carregar as baterias durante o dia para prosseguir a viagem ao longo da noite.

O “Solar Impulse” é um protótipo de um aparelho que deverá efectuar a primeira volta ao mundo em cinco etapas em 2013. A velocidade máxima ronda os 70 quilómetros por hora e pode voar a 8500 metros de altitude.

Tem um peso equivalente ao de um carro familiar, mas a extensão das asas é idêntica à de um avião como o A340. Um autêntico peso pluma, graças à estrutura feita de fibra de carbono.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Quadro de Turner arrebatado por 35,7 milhões de euros