Última hora

Última hora

Espinosa aplaude decisão do Governo cubano

Em leitura:

Espinosa aplaude decisão do Governo cubano

Tamanho do texto Aa Aa

O economista Óscar Espinosa Chepe passou 19 meses na prisão, em Cuba.

O dissidente que em 2004 saiu em liberdade com uma licença extra penal devido a problemas de saúde olha para a decisão do Governo como de acto de justiça

“Penso que esta é uma tentativa para isolar os sectores mais duros do governo, exactamente aqueles que mandaram esta gente para a prisão.
O facto de estarem a libertar os prisioneiros políticos é muito positivo. Ninguém pode estar contra. Qualquer pessoa razoável vê isto como um sinal encorajador. Penso que temos de continuar a acompanhar esta situação para que os restantes presos políticos também possam sair em liberdade. É muito importante dar seguimento a este processo” afirma.

O economista integrava o grupo dos 75 opositores e activistas dos direitos humanos condenados em Abril de 2003.