Última hora

Última hora

Caça ao homem no Reino Unido: homicida morre a caminho do hospital

Em leitura:

Caça ao homem no Reino Unido: homicida morre a caminho do hospital

Tamanho do texto Aa Aa

A maior caça ao homem da história recente do Reino Unido terminou com a morte do fugitivo.

Procurado há uma semana por homicídio, Raoul Moat disparou sobre si próprio acabando por falecer à chegada ao hospital de Newcastle, segundo fontes policiais.

Moat esteve cercado durante mais de seis horas perto de um rio na aldeia de Rothbury, no nordeste de Inglaterra, com uma arma apontada à cabeça. As autoridades negam ter efectuado qualquer disparo.

O segurança de discoteca de 37 anos tinha saído recentemente da prisão, depois de cumprir uma pena de 18 meses por agressão sexual.

Moat disparou no passado sábado contra a ex-namorada e o actual companheiro, que acabou por falecer.

No dia seguinte alvejou um polícia à passagem por Newcastle, que ficou ferido com gravidade.

Dezenas de agentes, apoiados por helicópteros, fechavam o cerco desde terça-feira sobre a área junto a Rothbury na qual Moat acabaria por ser encurralado.