Última hora

Última hora

Raoul Moat suicida-se diante da polícia

Em leitura:

Raoul Moat suicida-se diante da polícia

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou em suicídio a caça ao homem desencadeada pela polícia do Reino Unido, que durava há uma semana.

Procurado por homicídio, Raoul Moat foi encurralado perto de um rio na aldeia de Rothbury, no nordeste de Inglaterra. Testemunhas contam que passou seis horas com uma arma apontada à cabeça, enquanto negociava com a polícia.

A chefe da polícia de Northumbria, Sue Sim, contou aos jornalistas: “Parece que o suspeito se matou. Parece que nenhum tiro foi disparado pela polícia. Até ao momento em que disparou, a polícia tentou persuadir o sr Moat a render-se pacificamente. Durante esse tempo os polícias fizeram algumas descargas com um taser”.

Moat, de37 anos, era segurança numa discoteca e tinha saído recentemente da prisão, onde cumpriu uma pena de 18 meses por agressão sexual. No passado sábado disparou sobre a sua ex-namorada e matou a tiro o seu companheiro actual.

Depois, já em fuga, disparou sobre um polícia que ficou gravemente ferido.

O foragido terá dito aos agentes que o perseguiram estar “muito infeliz” por tudo o que os jornalistas diziam dele, acusando a polícia de manipular os media contra si.