Última hora

Última hora

"Stress tests" no centro da reunião do Eurogrupo

Em leitura:

"Stress tests" no centro da reunião do Eurogrupo

Tamanho do texto Aa Aa

Os testes a que os principais bancos europeus vão ser sujeitos, os chamados “stress tests”, são o principal tema da reunião dos ministros da Eurozona, o encontro que precede a cimeira desta terça-feira entre os ministros da Economia e Finanças dos 27 Estados-membros da União Europeia.

Os governos estão a discutir quais os melhores mecanismos para melhor regular os bancos e prevenir novas crises.

O comité de supervisores bancários europeus publicou na semana passada um relatório onde explica como estes testes devem ser conduzidos.

A Eslováquia continua a ser o único dos 16 países da moeda única a mostrar alguma resistência ao plano para o sector bancário.

O governo eslovaco ainda não se juntou ao financiamento do fundo de emergência para a Zona Euro. Bratislava diz que a decisão está para breve, isto numa altura em que os outros governos da Eurozona começam a perder a paciência.

No que toca aos défices excessivos, que desencadearam a recente crise do euro e uma onda de instabilidade em países como a Grécia, há quem acredite que a solução passa por rever o Pacto de Estabilidade. Alguns governantes e banqueiros centrais pedem um limite ao défice mais apertado que os actuais 3% do PIB.