Última hora

Última hora

Zapatero promete recuperação da Espanha

Em leitura:

Zapatero promete recuperação da Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de uma tímida recuperação nos primeiros três meses do ano, a economia espanhola deve ter voltado a crescer no segundo trimestre.

O primeiro-ministro, José Luis Rodríguez Zapatero, promete que a Espanha vai voltar a ganhar pujança, mas diz que os tempos são duros.

O país é afectado pela maior taxa de desemprego da Europa e por uma crise de dívidas, à semelhança da Grécia e de Portugal.

“As circunstâncias mudaram. Não podemos conceber o crescimento como antigamente. Já não podemos depender da construção e do crédito fácil. O momento é decisivo. Chegou a altura de entrarmos no clube dos países mais competitivos da União Europeia, a que sempre quisemos pertencer”, disse Zapatero no discruso do Estado da Nação, no parlamento espanhol.

A Espanha é um dos países da Europa mais atingidos pela crise. Entrou em recessão no final de 2008 e só saíu no início deste ano, com um crescimento do PIB de apenas 0,1%.

Os números agora publicados pelo Banco de Espanha são pouco animadores. A dívida das instituições de crédito do país ao Banco Central Europeu subiu em Junho para mais de 126 mil milhões de euros, um recorde histórico.