Última hora

Última hora

Obama reage com prudência à notícia do fim da fuga

Em leitura:

Obama reage com prudência à notícia do fim da fuga

Tamanho do texto Aa Aa

Esta quinta-feira, a BP anunciou que, finalmente, tinha estancado a fuga de petróleo, no Golfe do México.

Mas o presidente Obama reagiu, sem grande entusiasmo:

“Penso que é um sinal positivo. Estamos ainda numa fase de testes. Falarei sobre isso, amanhã”.

A atitude prudente de Barack Obama.

A companhia britânica também reconhece que ainda não há razão para celebrar. É preciso esperar, para saber se o fecho da fuga é definitivo – disse um porta-voz:

“É um sinal encorajador. Nos próximos dois dias podemos ser ainda mais encorajados. Mas nada de celebrações. Se falarmos com as pessoas que vivem aqui, percebe-se que celebração é uma palavra errada”.

As populações das zonas afectadas também moderam o seu optimismo. Mas desejam uma solução, mesmo que seja parcial, segundo um comerciante:

“É um alívio grande, é um alívio enorme. Pelo menos, parte do problema acaba, uma parte grande do problema acaba. Começa a limpeza e começamos a recuperar o nosso modo de vida, que é a etapa seguinte”.

As próximas 48 horas são decisivas. A BP espera chegar a conclusões, sobre a pressão no interior da jazida. Só depois se saberá se o engenho que tapa a fuga vai resistir.