Última hora

Última hora

Falência da Goldtrail estraga as férias a 50 mil clientes

Em leitura:

Falência da Goldtrail estraga as férias a 50 mil clientes

Tamanho do texto Aa Aa

A companhia inglesa Goldtrail faliu e deixou milhares de pessoas nos aeroportos, dentro e fora do Reino Unido.

A notícia já foi confirmada pela Autoridade da Aviaçao Civil, britânica.

Os turistas admitem que isto lhes vai aumentar os custos:

“isto custou-me muito mais dinheiro. Pago mais 500 libras, pelos voos extra. Não vou poder reclamar o meu dinheiro de volta, de modo que isto sai do meu bolso”.

A Goldtrail era especializada em venda de férias de baixo custo, para a Grécia e Turquia.

No momento da falência, tinha 16 mil clientes no exterior.

Mas no total, são 50 mil os clientes afectados. Este fim de semana ficaram em terra dois mil turistas e na próxima semana serão quatro mil.

Um jornalista de turismo acha que os clientes devem ser mais exigentes, perante a entidade pública, com responsabilidades de regulação do mercado:

“Peça outra bebida, tome outra refeição, as suas férias são cobertas pela Autoridade da Aviação Civil. Eles pagam as contas, e estão a organizar voos para o regresso a casa”.

Um pequeno drama que se repete, um pouco por todo o lado, cada vez, com mais frequência. As férias de sonho transformam-se num pesadelo.