Última hora

Última hora

Maré negra: administração norte-americana quer uma segunda opinião

Em leitura:

Maré negra: administração norte-americana quer uma segunda opinião

Tamanho do texto Aa Aa

O optimismo da BP contrasta com a cautela demonstrada pelo governo norte-americano.

Os avanços dos últimos dias no combate à maré negra no Golfo do México poderão voltar à estaca zero depois das autoridades marítimas terem detectado novas manchas de petróleo.

O governo pede mais testes para assegurar que a tampa de contenção colocada, quinta-feira, sobre o poço que provocou a maré negra está a funcionar.

Este sistema provisório é, segundo a petrolífera britânica, suficiente para conter para já a fuga, mas a administração norte-americana mostra-se reticente e quer uma segunda opinião.

A notícia de que a BP terá conseguido estancar a fuga de petróleo a 1500 metros de profundidade atrai às praias um número cada vez maior de pessoas. Mas o impacto no meio ambiente está, ainda, longe do fim.

A BP diz ter gasto até ao momento cerca de três mil milhões de euros no combate à maré negra.