Última hora

Última hora

Afeganistão: 50% da ajuda internacional sob controlo do governo

Em leitura:

Afeganistão: 50% da ajuda internacional sob controlo do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos metade da ajuda internacional destinada ao Afeganistão vai passar pelos cofres do governo. A decisão foi tomada durante a conferência de doadores que arrancou esta terça-feira, em Cabul.

A nível de segurança, o presidente Hamid Karzai mostrou-se determinado a assumir as rédeas do país em 2014. Em algumas províncias a transição deve começar já no final deste ano.

A insegurança no território é evidente. Os disparos de rockets na véspera do encontro impediram que o avião que transportava o secretário-geral da ONU e o ministro dos Negócios Estrangeiros sueco aterrasse em Cabul.

O aparelho acabou por ser desviado para a base norte-americana de Bagram situada a norte da capital afegã.

O início da retirada das tropas norte-americanas está agendado para 2011.

O secretário-geral da NATO garantiu, entretanto, que as forças internacionais vão permanecer no país, após o período de transição para apoiar as forças afegãs.

Um prolongamento justificado em prol da segurança e da estabilidade do país