Última hora

Última hora

Maré negra: praias encerradas no nordeste da China

Em leitura:

Maré negra: praias encerradas no nordeste da China

Tamanho do texto Aa Aa

Várias praias e uma ilha turística foram encerradas ao público no nordeste da China devido à maré negra.

O derrame de petróleo foi causado pela explosão de dois oleodutos, na semana passada, no porto de Dalian.

De acordo com as autoridades a mancha de crude estende-se ao longo de mais de 180 quilómetros quadrados.

Um pescador espera que os trabalhos de limpeza possam estar concluídos até Setembro e receia pelo futuro caso isso aconteça.

O porto de Dalian, um dos mais importantes do país foi reaberto, mas a entrega de petróleo regista, ainda, algumas perturbações.

Estima-se que, nos últimos dias, tenham sido derramadas no mar 1.500 toneladas de crude.

Conter a maré negra é um dos principais objectivos das equipas de limpeza. Uma tarefa que poderá ser dificultada pela chuva e ventos fortes previstos para as próximas horas.

Um homem ficou preso na maré negra, mas acabou por ser salvo por um activista da Greenpeace