Última hora

Última hora

Kosovo festeja parecer do TIJ e pede reconhecimento

Em leitura:

Kosovo festeja parecer do TIJ e pede reconhecimento

Tamanho do texto Aa Aa

O governo do Kosovo considera que o parecer do Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) é uma vitória “legal e histórica”.

O órgão judicial da ONU considerou esta quinta-feira que a declaração unilateral de independência do território não viola a lei internacional.

Em Washington, durante um encontro com congressistas norte-americanos, o chefe de governo do Kosovo apelou à comunidade internacional para reconhecer o novo Estado.

“Lanço um apelo, em nome do governo e do povo do Kosovo. Por favor, reconheçam a nossa independência porque se trata da decisão certa no momento certo”, disse Hashim Thaci.

A independência do território de maioria albanesa foi autoproclamada a 17 de Fevereiro de 2008. É reconhecida por 69 países, incluindo Portugal.

Para a Sérvia nada mudou. Belgrado fez saber que nunca reconhecerá a separação do território.

O presidente Boris Tadic declarou que a diplomacia sérvia vai tentar evitar que mais países reconheçam a independência do Kosovo e anunciou que, no Outono, Belgrado vai apresentar uma resolução na assembleia da ONU em Nova Iorque.

Para o chefe de Estado sérvio, a “única solução é uma solução aceite pelas duas partes”.