Última hora

Última hora

Ahmadinejad acusa Medvedev de ser "porta-voz dos inimigos do Irão"

Em leitura:

Ahmadinejad acusa Medvedev de ser "porta-voz dos inimigos do Irão"

Tamanho do texto Aa Aa

As boas relações entre a Rússia e o Irão ameaçam ser abaladas pelas declarações de Mahmoud Ahmadinejad.

Num discurso televisivo, o presidente iraniano acusou o seu homólogo russo, Dmitry Medvedev, de ser “o porta-voz dos inimigos do Irão”.

A tensão entre os dois aliados tem vindo a aumentar desde que Moscovo afirmara, há 10 dias, que Teerão estaria, “à beira de poder fabricar uma bomba atómica”.

Para Ahmadinejad, as palavras de Medvedev, “fazem parte de uma campanha de propaganda levada a cabo pelos Estados Unidos”.

Apesar das novas sanções da ONU contra Teerão, Ahmadinejad continua a afirmar que o programa nuclear nacional destina-se apenas a fins pacíficos.

Rússia e Irão cooperam, neste momento, na construção de um reactor nuclear na central de Bushehr, que deverá entrar em funcionamento em Setembro, apesar da oposição dos Estados Unidos.