Última hora

Última hora

Criança alemã morre em Espanha desidratada

Em leitura:

Criança alemã morre em Espanha desidratada

Tamanho do texto Aa Aa

A autópsia ao corpo da criança alemã que faleceu em Córdova, Espanha, concluiu que a morte se deveu a uma forte desidratação.

O rapaz, de cinco anos, estava desaparecido há mais de três dias e foi descoberto ontem no parque natural de Espiel depois da sua mãe ter alertado para o seu desaparecimento.

A mãe está internada num hospital de Córdova em observação. Estava também desidratada tinha escoriações e apresentava sinais de desorientação não tendo sido capaz de dizer onde se encontrava o filho. O pai, que se estava na Alemanha, viajou para Espanha e já identificou o corpo.

Mãe e filho estavam de férias em Espanha. Os pais tinham-se separado recentemente. Na localidade alemã onde vivam a população está chocada.

Uma senhora afirma: “É horrível. Uma situação destas é chocante não faço ideia como pode ter acontecido”.

Uma outra explica que, esteve em casa de amigos e falaram sobre quão horrível é uma situação destas, “uma criança de férias com a mãe morre e a mãe não está com ela”, desabafa.

Testemunhas viram mãe e filho a pescar na zona no último domingo. No dia seguinte a progenitora terá solicitado ajuda a vários populares depois do carro em que viajavam ter avariado.