Última hora

Última hora

BP demite executivo para limpar imagem

Em leitura:

BP demite executivo para limpar imagem

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da maré negra no Golfo do México a BP deverá sacrificar o seu presidente executivo.

Tony Hayward de 53 anos poderá abandonar o cargo esta semana, possivelmente antes do anúncio dos resultados semestrais do grupo

A demissão do gestor no prazo de dois meses foi anunciada pela imprensa norte-americana e visa ajudar a pretrolífera a recuperar da má imagem deixada pelo derrame no Golfo do México, que provocou a maior catástrofe ecológica da história dos Estados Unidos.

O executivo norte-americano Robert Dudley, nomeado em Junho para gerir a maré negra, é considerado o mais forte candidato ao cargo.

O desastre no Golfo do México deu-se a 20 de Abril, com a explosão de uma plataforma a cerca de 80 quilómetros da costa do Estado da Louisiana, matando 11 trabalhadores.

Milhares de empresários do sector da pesca nos estados costeiros do Golfo do México – incluindo o Alabama – enfrentam agora uma grave crise económica devido ao derrame de crude.