Última hora

Última hora

Torturador recebe 35 anos de cadeia

Em leitura:

Torturador recebe 35 anos de cadeia

Tamanho do texto Aa Aa

Culpado e 35 anos de prisão é o veredicto do Tribunal Internacional ao julgamento de Kaing Guek Eav, o mais cruel dos torturadores cambojanos

Enquanto director do centro de detenção de Tuol Sleng foi responsável pelos interrogatórios e sessões de tortura de cerca de 15 mil pessoas.

O “Duch”, como era conhecido, foi acusado de crimes de guerra e contra a humanidade, assassinato e tortura.

Ao longo de 77 audiências ouviram-se testemunhos sobre técnicas de tortura que aperfeiçoou nas várias prisões que dirigiu.

Dos cinco acusados apenas “Duch” admitiu a culpa e pediu perdão pelas atrocidades que cometeu sob ordens dos Khmers Vermelhos.